Palavras ,'

Palavras ,
Pequenos pedaços de céu envoltos de mel ,

Ladeados de cordel fino de oiro .
Pétalas da mais bela flor ,
Perfeitamente utilizadas quando genuínas .
Raíz da voz ,
Transformação do invisível mais visível .
Aquilo que se sente invertido no sólido ,
Elevado ao divino ,
Não a uma mera quimera .
A forma mais acessível do inacessível ,
Caminho certo no maior dos labirintos .
Desconfundir do facto mais confuso ,
Descomplicar da era mais emaranhada .
Raiar do sol que teima em se esconder ,
Anoitecer que teima em se manter .
Construção do inconstruível ,
Imaginação do inimaginável .
Prevalece o seu poder ,
Quando o mais obvio é expresso ,
Uma simples folha , uma caneta , letras conjugadas ,
Enfim , palavras !

2 sonhos ;D:

givemeanothersmile disse...

Diiii +.+

jabeiteslp disse...

palavras sentidas
às vezes quebradas
nada mais mas tão desiguais
por falta de ou um e a mais
bifurcam-se sentidos sem regras
ama-se até
porque só palavra é

"numa folha, uma caneta
enfim"
é por gosto de ser assim...

xoxo da Covilhã

Enviar um comentário