close your eyes ,'

( 20.08.08 )

Sente o sol na tua pele , penetrar por cada poro , enquanto libertas a tua alma , fecha os olhos e confia , ama a tua vida . Não baixes a cabeça , sabe tão bem , é agora ou nunca , não desperdices , isto não dura para sempre . Juntos , já , não te percas , dá-me a mão , eu guio-te . Não me voltarás a ver , faças o que fizeres , aproveita , estou aqui . Deixa o medo que sentes , escapar , já , é agora , a oportunidade é esta . Sente violentamente o que eu sinto , fecha o punho e vence . As ruas que te tentam atormentar não te vão fazer parar , conheces cada recanto e ultrapassas cada obstáculo . Eu vou estar a ver por entre as sombras , estarei à espera , nem que seja toda a vida . Eles dizem que tens muito que aprender , acredita neles , não os ignores , são sábios e só querem o teu sucesso . Amanhã é outro dia , a tua etapa permanece lá , passas à próxima ? Dá-me o teu mundo , vem comigo , não vês ? Eu sou tua . Se eu não te voltar a ver , não me vou importar , não és o único a querer viver . Estou aqui , mesmo atrás de ti , sinto - te , tu queres , tu vives !

3 sonhos ;D:

M. disse...

«Sente violentamente o que eu sinto , fecha o punho e vence.», amei *.*
O texto está excelente, mesmo

Ana Filipa Silva disse...

UAUU...
Acho que foi a única coisa que me saiu quando acabei de ler. Está tão profundo...

Perfeito.

Certamente vou passar a seguir o blog.

Adriana disse...

"Dá-me o teu mundo , vem comigo , não vês ? Eu sou tua."
Minha Di, os teus textos estão cada vez melhores *.*

Enviar um comentário